Missão Cumprida

Café expresso num dia chuvoso. Boa pedida, seja num fim-de-semana ou no meio da tarde de uma segunda-feira, como era o caso. Mas Gabriel não parecia estar aproveitando o momento. Não completamente, como outros o faziam ao seu redor, durante o intervalo vespertino do trabalho. Talvez porque aquelas pessoas levantariam daí uns minutos e seguiriamContinuar lendo “Missão Cumprida”

Espetinho, Havaianas e Pasteis

Tudo pronto para o encontro com as colegas da Grasi, na casa da Rafa e do Gustavo. Marcado para às 15 horas do sábado, saímos pontualmente… às 15:40, levando uma pizza de forma sem glúten e sem lactose. Demos carona à Valéria, seu bolo e seus cajuzinhos. Chegamos no Vicente Pires quase na mesma horaContinuar lendo “Espetinho, Havaianas e Pasteis”

Segurança no Trabalho

Surgiu um problema com certa marca de garrafas térmicas. A ampola estourava com facilidade logo nos primeiros usos, em um lote comercializado em Brasília. A fábrica despachou uma carga de ampolas para a reposição gratuita do item. Uma loja, vencedora de licitação pública, entregou mais de 100 garrafas só para a instituição pública licitante, foraContinuar lendo “Segurança no Trabalho”

Patrocínio de Rodapé

Agora há pouco estava enviando uns áudios ao Marciano, amigo de longa data que, com muita coragem, pediu as contas do BB e foi ser empreendedor. Coragem sim, pois, largar um trabalho, certa maneira estável, para depender exclusivamente do próprio desempenho com vendas, não é para qualquer um! Nisso enviei uns áudios lembrando das minhasContinuar lendo “Patrocínio de Rodapé”

Suco de Copo

Já tinha algum tempo morando em Águas Claras, uns quatro anos. Além dos amigos de sempre – os de Orleans que aceitaram o desafio de, longe da família, começar ou dar continuidade na jornada profissional na capital do país – fizemos outros tantos, vindos das mais diversas partes do Brasil. Uma dessas amizades que fizemosContinuar lendo “Suco de Copo”

No Happy Hour

– Vou pedir demissão. – Por quê? – Cansei, cara. Não suporto mais o meu chefe. Eu odeio ele! Sempre dizendo que gostaria de me ver chegando mais cedo, que deveria fazer horas extras… Cobra treinamento, mesa organizada, produtividade… Nunca está satisfeito. Outro dia, para agradar, fiquei fazendo hora-extra, e adivinha: soltou que eu deveriaContinuar lendo “No Happy Hour”